Principais técnicas de vídeo

Para as marcas se destacarem e chegarem aos seus consumidores alvo, têm de criar conteúdo original e utilizar técnicas de vídeo diferentes.

tecnicas video

Atualmente existem diversas técnicas de vídeo que podem tornar qualquer pessoa num pequeno realizador de sucesso, criando grandes obras de arte apenas com as ferramentas essenciais.

 

Várias são as tendências de vídeo que vão existindo, sendo que umas são mais fáceis de utilizar que outras. Umas chamam mais à atenção, enfatizando pequenos pormenores que dão um ar completamente diferente a qualquer gravação.

 

Aqui ficam algumas técnicas que podem melhorar qualquer vídeo e que dão às marcas um conteúdo que se evidencia e que chama à atenção dos consumidores.

 

Timelpase:

 

Consiste em gravar determinada paisagem ou acontecimento durante longos períodos de tempo e posteriormente acelerar a imagem, como por exemplo gravar a cidade de Lisboa vista do Castelo de S. Jorge durante um dia inteiro e depois comprimir num minuto de vídeo.

 

O objetivo com esta técnica é fazer sobressair as mudanças que de outra forma passariam despercebidas e que acontecem com o passar do tempo.

 

Slow-Motion:

 

Ao contrário do Timelapse, o Slow-Motion (ou câmara lenta) é o processo de aumentar o tempo de vídeo, isto é, transformar 10 segundos de vídeo em 20 e abrandar a ação.

 

Esta técnica é muito utilizada para exibir determinados momentos, de forma a que quem visualize os vídeos se concentre totalmente num acontecimento ou ação.

tecnicas de video

Filtros:

 

Os filtros são considerados uma técnica de edição, pois são adicionados durante a edição do vídeo para melhorar a imagem, a luz ou a cor.

 

Esta técnica/ferramenta é bastante utilizada pois facilmente se consegue mudar o tom de um vídeo, como por exemplo, utilizar um filtro mais azul para tornar a imagem mais fria ou então um filtro laranja para dar uma atmosfera mais acolhedora ao que está a ser visualizado.

 

As diferentes técnicas são utilizadas em contextos diferentes e com objetivos diferentes, sendo necessário ter sempre em conta que quanto maior for a edição de um vídeo, mais artificial fica e, consequentemente, maior será a taxa de desinteresse por parte dos consumidores.