Video mapping: uma técnica cada vez mais utilizada

A técnica de video mapping, que ficou conhecida através da sua utilização em campanhas publicitárias, é hoje em dia extremamente utilizada, para as mais diversas comunicações.

video mapping

O video mapping, ou mapeamento de vídeo, é uma técnica que consiste na projeção de peças videográficas em superfícies exteriores e irregulares, como o caso dos prédios e monumentos.

Neste tipo de vídeo interativo, estruturas grandes como fachadas de estruturas, monumentos e estátuas, cuja a projeção pode ser feita a 360º, são utilizadas como tela para a projeção do vídeo.

Através desta técnica, artistas e marcas podem criar vídeos de dimensões alargadas, ilusões óticas e noções de movimento de objetos estáticos, transmitindo uma enorme ideia de dinamismo.

Normalmente, são criadas e desenvolvidas narrativas audiovisuais, que contemplam imagem e som, cuja combinação contribuí para o desencadeamento do vídeo, bem como para a produção de fantásticos espetáculos de luz.

Nos últimos quatro anos esta técnica ganhou notoriedade em todo o mundo, apesar de ser ainda considerada uma forma de publicidade um pouco ambiciosa e até dispendiosa.

Contudo, existem inúmeros exemplos deste tipo de formato de vídeo através de projeção de imagens.

video mapping uma tecnica muito utilizada

A capital portuguesa, por exemplo, nomeadamente o Terreiro do Paço em Lisboa, tem sido palco de diversas atividades de projeção de video mapping, sobretudo em alturas festivas como o caso do Natal e da Páscoa.

A verdade é que, tendencialmente, este tipo de apresentações irá aumentar, devido à interatividade e à forma peculiar que têm de causar impacto junto do público.