A importância dos vídeos institucionais

A importância dos vídeos institucionais na comunicação das marcas e empresas é cada vez mais enfática. Contudo, é necessário que as marcas compreendam esta necessidade.

a importancia dos videos institucionais

A verdade é que 2014 é o ano do vídeo, ou seja, é o ano que marca o início de uma tendência muito mais marcante de empresas e marcas comunicarem mais fortemente através deste formato de comunicação.

Contudo, existem diversas vertentes no que toca ao desenvolvimento de vídeo, como sejam os vídeos institucionais, os vídeos de animação, os vídeo ads, os vídeos motivacionais, entre outros.

Ora, todos estes tipos de vídeo adaptam-se a diferentes formas de comunicação para diferentes públicos alvo, por isso, é importante que as marcas conheçam a importância de cada um destes formatos.

No caso dos vídeos institucionais a sua importância e relevância entre marcas e empresas destaca-se cada vez mais, tendo em conta que são a melhor maneira de transmitir de forma direta e transparente as informações sobre a empresa.

Close-up of video camera lens

O desenvolvimento de um vídeo atrativo e que demonstre na perfeição, aos consumidores, a empresa e os produtos ou serviços prestados, é uma ótima forma de conquistar mais audiência e até novo volume de negócio.

A verdade é esta: um vídeo institucional faz a diferença! Seja numa reunião com um novo cliente, seja na homepage do website da marca, os consumidores ou utilizadores sentir-se-ão sempre mais predispostos e com mais atenção à mensagem da marca.

A importância dos vídeos institucionais partiu dos próprios clientes e utilizadores da internet. Porquê?

A crescente concorrência nos mercados atuais, o pouco tempo disponível para procura de informação e a forma simples como as mensagens são transmitidas através dos vídeos, provou às empresas que estes são sem dúvida a melhor forma de captar a atenção.

Ao representar a marca ou empresa através de uma filmagem, que através do Veedmee pode ser automaticamente enviada por email, e pode inclusive ser desenvolvida com smartphones ou tablets, as entidades chegarão mais depressa à mente dos utilizadores e, por consequência, verão o seu volume de negócio sofrer alterações.